Retirando Cisto Sebáceos

Antes e depois do Cisto Sebáceos

Há 8 meses apareceu uma espinha no meu pescoço, não me lembro se eu espremi ou cortei fazendo a barba, só sei que ela inflamou e virou uma espinha interna. Ao passar do tempo essa espinha interna virou uma bolinha e ia aumentando gradativamente. Esse cisto era indolor, eu até tinha o hábito de ficar mexendo nela, ela se movia por baixo da pele de forma ilimitada. Resolvi retirar porque já estava cansado das pessoas me perguntando dessa bolinha no pescoço.

Procurei um dermatologista e o mesmo me disse que essa bolinha era um cisto sebáceos muito comum em quem tem espinhas. Não há nenhum risco ter esse cisto desde que ele não cresça sem parar e que a cirurgia seria apenas por estética e se eu quisesse dar andamento com a cirurgia eu deveria procurar um cirurgião plástico.

Agendei uma consulta com o Dr. Luiz Brasil da Costa Faggiano (CRM 20561), o Dr. confirmou a existência de um cisto e que isso seria muito simples a retirada. Conheço pessoas que tiveram esse cisto e retiraram na própria clica, mas o Dr. Luiz fez questão que o procedimento fosse realizado em um hospital.

A cirurgia foi realizada no Hospital São Rafael e assim como qualquer cirurgia eu tive que ficar só de avental hospitalar. A cirurgia foi muito rápida, em torno de 30 minutos. Eu deitei na maca, recebi uma injeção anestésica local, colocaram um pano sobre meu rosto deixando apenas a área da cirurgia exposta. Fiquei acordado o tempo todo e não senti nada, mas o que dava muito aflição era o barulho da tesoura cortando e puxando, o som do bisturi cortando a carne ahhhh kkk, mas 0% de dor.

Acabando a cirurgia o Dr. me pediu que evitasse ao máximo movimentar o pescoço para que não houvesse nenhum problema com os pontos. Em três dias voltei ao consultório para trocar os curativos, no sexto dia a retirada dos curativos por uma bandagem adesiva e no décimo dia a retirada da bandagem. O  Dr. Luiz usou uma linha especial que é absorvida pela pele não precisando retirá-la, com isso a cicatriz fica bem menor do que os pontos convencionais.

A recomendação era que eu passasse creme diariamente na região e massageasse. Infelizmente tempos depois ficou um pequeno vermelhidão no local que não saiu mais. O Dr. disse que com o tempo iria sumir mas seis anos se passaram e nada, mesmo assim ainda estou feliz com o resultado.

You may also like...

6 Responses

  1. Marcelo dos Santos disse:

    Olá Adriano!

    Fazem três meses “uma espinha no meu pescoço, não me lembro se eu espremi ou cortei fazendo a barba, só sei que ela inflamou e virou uma espinha interna… foi passando e a bolinha foi aumentando” e ficou com cerca de 1 cm e inflamou na semana passada.

    Há cerca de 4 dias fiz uma cirurgia para retirada do cisto com caracteristicas similares ao que você relata.

    Pergunto:

    Como foi a recuperação da tua cirurgia?

    Ficaram cicatrizes?

    Como o local está hoje?

    Gracias,

    Marcelo.

  2. pref disse:

    O meu o médico secou cortando com bisturi eletrico ai voltou a encher, eu fiquei furando e secando, usando agua oxigenada que achei fraca. Aí usei solução de bateria com um contonete em cima ai dissolveu e tratei a ferida com agua oxigenada secou e ficou bom! Mas eu tinha feito o furo com palito de dente que afiei com a gillete. Depois que enrolei algodão e solução de bateria que foi arrombando mais, depois cotonete com solução de bateria, ai esburacou e tratei a ferida com agua oxigenada e curou. Deu um trabalhao e era uma bolha feia na cabeça.

  3. admin disse:

    Olá Marcelo, eu atualizei o post 6 anos depois e coloquei uma foto de como foi o resultado, estou satisfeito apesar do pequeno vermelhidão que ficou até hoje.

  4. admin disse:

    Cara, como você sobreviveu depois disso? kkk Deixe para os médicos resolverem isso. Abs.

  5. Alisson disse:

    Qual valor da cirurgia?

  6. Adriano Lopes disse:

    Olá Alisson. Minha cirurgia foi feita pelo plano de saúde, então não paguei nada. Mas o preço de uma cirurgia varia muito, depende do médico, da equipe que irá participar da cirurgia, do hospital e etc…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Security Code: